NOTÍCIAS

Assistência Religiosa da FAB comemora seus 36 anos e o Dia do Patrono
Sexta-Feira, 24 de Março de 2017

O Comando-Geral de Pessoal (COMGEP) celebrou, nesta sexta-feira (31), com uma solenidade militar, o Dia do Patrono do Serviço de Assistência Religiosa da Aeronáutica (SARA).A data é comemorada em 24 de março, dia em que, no ano de 2004, os restos mortais do Padre Bartolomeu de Gusmão foram transladados do Mosteiro de São Bento para a cripta da Catedral da Sé, ambos na capital de São Paulo. Nessa data também comemora-se o Dia do SARA, que completa 36 anos de criação em 2017."Aos Capelães militares da FAB, sintam-se homenageados e motivados pelo fato de terem como Patrono um homem sábio, brilhante e inteligente, um sacerdote piedoso, um cientista e um inventor, que deu provas de que a fé e a ciência podem sim caminhar juntas", destacou o Comandante-Geral do Pessoal, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.O Chefe do SARA, Coronel Capelão Geraldo Pio, explicou que a importância da assistência religiosa está no equilíbrio que ela proporciona ao efetivo tanto nos momentos difíceis como nos de alegria. "No cotidiano, nossa função é levar harmonia, ajudar a manter a boa convivência e a paz. Além disso, nos fazemos presentes nos momentos de tristeza, como lutos; e nas horas alegres, como nascimentos e casamentos", pontuou o Capelão.Para o Arcebispo do Ordinariado Militar do Brasil, Dom Fernando José Monteiro Guimarães, que esteve presente na cerimônia, é muito importante que os capelães sejam militares. "Sendo sacerdotes e militares eles aliam o conhecimento religioso e o da caserna. Assim, compreendem melhor as exigências, as necessidades e os anseios do efetivo", disse.Após a solenidade militar, foram realizadas celebrações religiosas - missa católica, culto evangélico e reunião espírita - para os interessados.Assistência - O SARA tem por finalidade prestar assistência religiosa, espiritual, moral e social aos militares, servidores civis e seus familiares nas diversas organizações militares da Aeronáutica. Ele foi criado em 29 de junho de 1981.Padre Bartolomeu de Gusmão - Paulista de Santos, é considerado o Pai da Aeroestação e um dos primeiros cientistas das Américas. Sendo o único sacerdote a ter seu nome grafado nas páginas da história da Aeronáutica por seus inventos. O Padre Bartolomeu de Gusmão é modelo para todo capelão que serve e deseja servir à Força Aérea.